E o vencedor é ...

O primeiro passatempo do blog terminou e já foi sorteado o vencedor!! 

Muitos parabéns Adriana Silva!! 

Peço por favor que envie um email para iicj2093@gmail.com a indicar o nome pelo qual os convites irão ser levantados na Alfândega no Sábado.

 
A todos os outros que participaram, não deixem de passar no Portugal Fashion, os desfiles do espaço Bloom são abertos ao público! 

Bom fim-de-semana!!


Cinderella & Wild


Na quarta-feira de manhã recebi um email que me deixou super entusiasmada! Ganhei um convite duplo para ir ver a ante-estreia da Cinderella. Tinha participado em dezenas de passatempos e vi os meus esforços recompensados!
A Cinderella não foi das princesas que mais chamou à minha atenção quando era miúda. As minhas preferidas são, talvez as possa designar assim, as mais aventureiras. A preferida, das preferidas é a Pocahontas (que aqui já tinha referido). Depois, talvez a Ariel ou a Kida (da Atlântida). No entanto, estava super curiosa para ver esta adaptação do clássico da Disney. Primeiro, porque gosto imenso da Lily James (a atriz que faz o papel de Cinderella) e queria muito vê-la neste papel e segundo, porque todas as imagens que via do filme eram lindíssimas. E é esse o comentário que tenho a fazer ao filme: é lindíssimo!! A casa da Cinderella, lindíssima! O palácio onde vive o príncipe, lindíssimo! O vestido que a Cinderella leva ao baile, assim como os sapatos, o coche, etc, lindíssimos! A madrasta, uma mazona lindíssima (não fosse ela a Cate Blanchett ...)! E depois as cores. Montes de cor, como por exemplo, nos vestidos das "irmãs" da Cinderella. Eu estava a ver o filme e a pensar "Os miúdos vão adorar o filme, porque apesar de não ser um filme de desenhos animados, tem imensa cor, imenso brilho, vão adorar!!". 


A história, essa já a sabemos de trás para a frente e da frente para trás, mas isso não torna de todo o filme previsível ou aborrecido. Além disso, a mensagem principal do filme é muito bonita. É, na minha opinião, um filme muito bem conseguido!


Entretanto, como ontem referi no facebook do blog, fiquei doente e passei o fim-de-semana na cama. Ora, isso deu-me uma desculpa para ir pôr séries em dia e ver o Wild. Sou fã da Reese Witherspoon e do que sabia da história de Wild (que é uma história verídica), sabia que ia ver um bom filme! Sem dúvida que foram duas horas bem gastas. Para quem estiver a pensar ir ver ficam os avisos: é um filme com cenas "bem dramáticas" e é um filme em que história vai sendo contada devagarinho, com muitos flashbacks. Tem paisagens lindíssimas (juro que sei outros adjectivos, mas hoje é este que me está "a sair") e também gostei da banda sonora. Se viram o Into The Wild e gostaram, então também vão gostar deste. Se são feministas vão gostar de Wild! Se têm um tempinho livre, vão ver o Wild (e já agora leiam também, porque antes de ser um filme, era um livro)!



Primeiro Passatempo do Blog da Senhora Misturas!

De seis em seis meses a história repete-se. Recebo mensagens e telefonemas a pedirem-me convites para o Portugal Fashion. Ora, com isto em mente, decidi que nesta edição ia fazer um passatempo aqui no blog para alguém ganhar um convite duplo.

 
E aqui está ele, o primeiro passatempo do blog! Para participarem têm apenas de responder a uma pergunta muito simples que vale uma entrada no sorteio. Se quiserem ganhar mais entradas têm ainda outras opções. O vencedor será anunciado na quinta-feira (26).
Boa sorte!

Primeiro Passatempo do Blog da Senhora Misturas!

P.S.: Quem segue o Facebook do Blog e ficou por lá a saber que estava doente, informo que já estou melhorzinha. Hoje já respiro pelo nariz e não tenho febre! Yeah!


Mark Ronson - Uptown Funk ft. Bruno Mars



Ando há semanas para aqui comentar esta música/este vídeo! De toda a "popalhada" que anda por aí, esta é das únicas que nos últimos tempos me chamou à atenção.
Primeiro, o Bruno Mars está cheio de pinta neste vídeo!!! Já ouvi muitos comentários de quem acha que ele está extremamente "azeiteiro" em bom português falando, mas cá para mim ele está com pinta. Secalhar lá no fundo são só o blazer cor-de-rosa e os passos de dança que me conquistam, mas no fim das contas acho que ele está cheio de pinta! Pronto, acho! E olhem que não sou grande fã dele ...
E segundo, a música começa a dar e dá-me logo vontade de começar a dançar. É automático! Uptown Funk? Bora abanar o rabinho! O ideal mesmo era saber dançar como eles ... adorava! Eu bem que tive aulas de hip-hop e afins quando era miúda, mas não resultou. Sou extretamente "awkward" a dançar. Mas danço (muito) na mesma!!

A música ideal para começarem o vosso fim-de-semana. Se eu fosse sair hoje era ao som desta que me estava a abanar pelo quarto enquanto decidia o que vestir (e tinha de ser em "modo repeat")!


Karma



Sou uma pessoa bastante cética. Não acredito em Deus (pelo menos da mesma forma que acredita a maior parte das pessoas) e não acredito naquela ideia de céu/inferno. Secalhar, porque sou "uma pessoa da ciência" e na ciência só se acredita no que não se vê depois de provado de mil e uma formas e mesmo assim ... No entanto, há coisas em que acredito. Acredito que ser optimista faz diferença, como já aqui tinha dito e tento acreditar com muita força na existência do karma! Basicamente, da mesma forma em que acredito que acreditar que uma coisa para a qual estamos a trabalhar vai ter mais probabilidade de se realizar porque acreditamos que sim e depositamos a nossa energia nesse sentido, também tento acreditar que quem anda por aí a ser um(a) cabrão/cabra vai receber de volta um pouco do mal que espalha. Da mesma forma que não acredito na 1ª teoria a grande escala (não é por acreditar muito que me vai sair o euromilhões que ele me vai sair ... quer dizer, acredito eu e mais milhões de pessoas ... não é por aí), não acredito no karma a larga escala. Aliás, é como digo "tento" acreditar porque me faz sentir mais descansada. Aquela teoria do "perdoar tudo a todos" não é para mim. Há coisas que não se perdoam, há pessoas más no mundo e que merecem receber de volta aquilo que dão ao mundo. Dou mesmo por mim a pensar "Epah, espero que o karma te apanhe!", mas não com intuito vingativo. O que eu espero que aconteça é que as pessoas aprendam ao "levar" com o mesmo que dão aos outros. As pessoas (supostamente) aprendem e assim, tornam-se melhores.

...

Ao escrever este post lembrei-me de uma situação em que me armei em karma. Dei de volta literalmente o mesmo presente que me deram a mim (era ridículo, ofensivo mesmo). Recebi, embrulhei e entreguei à pessoa que me o tinha dado no seu aniversário. A pessoa em questão ficou super ofendida (obviamente). Eu era uma miúda (ali na casa dos 10/11/12 anos, não me lembro bem) ... levei um raspanete de várias pessoas, mas já na altura achei que fazia todo o sentido. Então a prenda era boa para mim e não era boa para a pessoa que me a deu? Hoje em dia só me espanta ter tido aquela ideia tão nova e vá, provavelmente hoje em dia não fazia o mesmo porque não tenho a inocência/sinceridade que tinha (coisas da vida ...), mas que fez/faz sentido ...

...

Mas, não fiquem com a ideia que estou para aqui a falar de karma no que toca a prendas, foi só uma situação de que me lembrei ... estou mesmo a falar de coisas sérias!


A honestidade de uma criança é uma das melhores coisas do mundo!

Hoje fui fazer pinturas faciais em crianças de mais ou menos oito anos numa festa de aniversário (é um part-time que tenho). Quando estou a pintar a cara das crianças preciso que elas estejam minimamente quietas (difícil!!!!) e que estejam com a cara virada para mim. Normalmente, faço uma brincadeira com elas quando começam a olhar muito para os lados; pergunto-lhes "Então, sou assim tão feia para não olhares para mim?" e, mais uma vez, normalmente, respondem-me entre risadas "Não."
Hoje uma dessas conversas foi assim:

Eu: Então, sou assim tão feia para não olhares para mim?
Ela: Não, eu acho-te bonita!
A amiga do lado: Eu só acho que és mais ou menos bonita!

Ri-me muito por dentro!!! E respondi-lhe: Não faz mal, não temos de gostar todos do mesmo!

Opah! Deixaram-me a cabeça em água os 30 pirralhos aos berros, mas são o melhor do mundo!

Almoço de Família

Hoje fui almoçar com o meu avô. Quando o empregado me perguntou o que queria beber disse lhe que queria água.
O meu avô: "Água?"
Eu: "Então, água não é bom?"
O meu avô: "É bom é, para lavar os pés!"



Tardes assim fazem a vida valer a pena!

Ontem fui até Serralves e depois fui à Foz.
Relaxei. Apanhei Sol. Comi um croissant. Fez-me sentir bem.
Haja tempo e saúde para o fazer mais vezes.






O Porto é mesmo a melhor cidade do mundo. Ponto final.


Gosto de ouvir ... The Weeknd - Earned It



Ouvi esta música pela primeira vez no dia em que o vídeo foi lançado e soube logo que o meu primeiro post de regresso ao blog seria sobre ela! Já não ouvia The Weeknd há meses e esta música fez-me lembrar o quanto eu gosto dele!! Infelizmente o último album dele não é tão bom quanto os anteriores e, por isso, é que andava esquecido. Mas, com esta música, regressou em força à música que vale a pena! É viciante. E também adoro o vídeo, apesar de dispensar a Dakota Johnson ali pendurada. Por mim ficavam-se pelas meninas a dançar para ele.

Entretanto, tenho mais uns quantos vídeos e músicas para partilhar com vocês. É o que dá estar dois meses sem quase dar sinal de vida. Chama-se época de exames! Culpem-na a ela e não a mim.

Bom fim de semana!


Devaneios de uma estudante cansada e de barriga cheia!

Deus criou a Cerelac e depois descansou.